CÁRITAS ARQUIDIOCESANA DE OLINDA E RECIFE

Cáritas - Arquidiocese de Olinda e Recife

Voluntários

“Jesus fez da caridade o novo mandamento. Amando os seus ‘até o extremo” (Jo 13,1), manifesta o amor do Pai que ele recebe. Amando-se uns aos outros, os discípulos imitam o amor de Jesus que eles também recebem. Por isso diz Jesus: ‘Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo’ (Jo 15,12)”.

O voluntariado da Cáritas da Arquidiocese de Olinda e Recife tem o sentido comum da prática a caridade, servindo aos mais pobres e necessitados. Há duas linhas de ação no trabalho desenvolvido pela Cáritas: as questões emergenciais e os projetos de promoção humana. Para isso a Cáritas conta com um grupo de voluntários, desde a diretoria aos grupos existentes nas comunidades onde ela atua.Os voluntários colaboram ajudando nas atividades dos projetos da Cáritas, alimentando os sonhos e as esperanças na construção de uma sociedade mais justa, fraterna e solidária.

Rose Bandeira

Rose Bandeira
Comunidade Salinas, Ilha de Itamacá-PE

Ser voluntária da Cáritas é fazer o bem. É poder mostrar que unindo forças podemos informar os menos favoreci dos sobre seus direitos e lutar por mais igualdade social. Ver o carinho e a atenção que recebemos dos agentes da Cáritas aqui na nossa comunidade também me faz ter forças para lutar e junto a eles poder promover o melhor para aqueles que necessitam de esperança e fé, acreditando em um país mais justo, digno e sem miséria.


Dario Silva

Dario Silva
Comunidade Ferro Velho, Itapissuma-PE

Ser voluntário da Cáritas é ser lembrado e reconhecido pelos os atos em prol da comunidade. Com nossa ação o Poder Público começou aolhar de uma outra forma para nossa comunidade e as pessoas sabem que podem contar com agente.É muito bom ser voluntário, pois a gente se depara com várias situações que nos aproximam das pessoas do bairro, inclusive para fazernovos amigos.


 Pe. Douglas Severo

Pe. Douglas Severo
Vice-presidente da Cáritas da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Ser voluntário da Cáritas se confunde ao discipulado de Nosso Senhor Jesus Cristo. A missão da Cáritas começa por causa do evangelho, portanto podemos dizer que ser voluntário é um ato de fé, e como todo voluntariado, exige desprendimento e um amor inquieto (solidário) e generoso (não guarda reservas).O desejo do céu, que é Jesus, faz o voluntário da Cáritas colocar a Doutrina Social da Igreja em prática, procurando dilatar o reino de Deus a todas as estruturas humanas, a fim de levar dignidade, direitos e socorro aos que encontramos.


Luciana Valença

Luciana Valença
Vice-secretária da Cáritas da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Ser voluntário é agradecer a Deus pelo o dom da vida que ele me presenteou, mas é também uma forma de cuidar do outro e através da Cáritas, esse cuidar do outro significa colaborar para que este outro tenha uma vida mais digna, mais justa mais solidária.


Como ser um voluntário caritas?

Para ser voluntário ou voluntária na Cáritas o principal é doar-se! Um pouco a cada dia em vista de ajudar aos mais necessitados, feito de maneira simples e de bom coração.

Seja um voluntário! Convidamos você entrar nessa rede de generosidade e solidariedade, doando um pouco de seu tempo, talentos e dons para que aconteça a sociedade do bem viver!